VOLTAR PARA HOME
Continue tendo acesso ao conteúdo da Folha
   ou   
Cadastre-se pelo Facebook
para ter acesso ao melhor conteúdo do Paraná
VOLTAR PARA HOME
Olá
Assine já para continuar a ler a Folha de Londrina.
Para identificá-lo como assinante, precisamos do seu email e CPF.
VOLTAR PARA HOME
Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante
Cidades
15/09/2012

Prédio da Justiça do Trabalho abrigará Ceebja

QR Code
Enviar por Email
Compartilhar
Twettar
Linkedin
Fonte
Comunicar erro
Ler depois

O Núcleo Regional de Educação (NRE) recebeu da União o prédio que abrigou por décadas a Justiça do Trabalho, na Avenida São Paulo, região central de Londrina. A doação ocorreu no último mês.
PUBLICIDADE

O imóvel vai abrigar o novo Centro Estadual de Educação Básica para Jovens e Adultos (Ceebja). Londrina conta com quatro unidades, atendendo adultos que não concluíram os ensinos fundamental e médio. O benefício é que o tempo de estudo é menor que o praticado no ensino regular. Os centros também dispõem de cursos profissionalizantes.
O antigo prédio da Justiça do Trabalho tem três andares e conta com elevador, garantindo acessibilidade aos estudantes.
''É um avanço importante para Londrina e reforça a parceria que tem que haver entre município, Estado e União. Isso permite a regularização dos estudos e por outro lado a profissionalização dos alunos'', explicou o secretário estadual de Educação, Flávio Arns. (D.M.)
NOTÍCIAS RELACIONADAS
PUBLICIDADE
CONTINUE LENDO

Rompendo barreiras na Educação Física

Professores da rede pública participam de treinamento para ensinar práticas esportivas a estudantes com deficiência visual e física

Mastigação correta evita dor de cabeça e problemas digestivos

Comer sem pressa é essencial; ansiedade, no entanto, impede que refeições sejam mais demoradas

SUA SAÚDE - DERMATOLOGIA

O que é a comissurite?

Autor está foragido

Homem de 45 anos é baleado no tórax por sobrinho em Araruna

A polícia investiga o caso e ainda não tem informações sobre a motivação do crime

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Assine a Folha de Londrina
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Folha de Londrina - Todos os direitos reservados