VOLTAR PARA HOME
Continue tendo acesso ao conteúdo da Folha
   ou   
Cadastre-se pelo Facebook
para ter acesso ao melhor conteúdo do Paraná
VOLTAR PARA HOME
Olá
Assine já para continuar a ler a Folha de Londrina.
Para identificá-lo como assinante, precisamos do seu email e CPF.
VOLTAR PARA HOME
Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante
Cidades
31/03/2017
DIA DA CONSCIENTIZAÇÃO

Irmãos falam sobre autismo e viralizam na web

QR Code
Enviar por Email
Compartilhar
Twettar
Linkedin
Fonte
Comunicar erro
Ler depois

O designer gráfico Gilmar Junior e a dona de casa Flávia Cunha nunca encararam como um "peso" o fato do filho Ítalo, de 8 anos, ter sido diagnosticado com Transtorno do Espectro Autista. Há dois anos, para guardar para a posteridade alguns momentos de interação entre ele e o irmão mais novo, Otávio, 5, eles criaram o canal Otávio Show. Quando um vídeo de Otávio explicando sobre como se relaciona com o irmão viralizou na internet, os pais perceberam que as redes sociais estavam carentes de informações menos técnicas e mais emotivas sobre o assunto.

Arquivo pessoal
Arquivo pessoal - Ítalo e Otávio: amor e aceitação
Ítalo e Otávio: amor e aceitação

PUBLICIDADE

Hoje eles mantém o canal, uma página no Facebook e um perfil no snapchat. "A maioria das pessoas que interagem querem saber mais sobre a rotina no Ítalo porque possuem alguém muito próximo com diagnóstico de autismo", contam, acrescentando que há muitos profissionais que passam informações importantes nas redes sociais. "Percebemos, porém, que pouca gente falava sobre amor e aceitação", dizem.

Os filhos, segundo os pais, "amam" fazer os vídeos. "O Ítalo gosta tanto que já tenta interagir, fazer os gestos. Para eles é prazeroso e divertido", avaliam. Apesar de Otávio ainda não ter plena consciência sobre o alcance do canal, já aprendeu a importância de falar sobre cuidar e estar junto. "O canal ajudou inclusive a interação entre os dois", contam.
Flávia e Gilmar pretendem transformar o Otávio Show em uma ferramenta educativa, com cartilhas e exibição em escolas. "Autismo não é uma sentença, é um espectro que faz parte do nosso filho, mas ele é muita mais que autista." (C.A.)

Assista aos vídeos do canal:


NOTÍCIAS RELACIONADAS
PUBLICIDADE
CONTINUE LENDO

ROTINA - Falta de segurança em escolas motiva reunião na CML

Entre as propostas apresentadas durante encontro estão instalação de câmeras de segurança e contratação de inspetores

ROTINA - Escolas sofrem com ação de vândalos

Arrombamentos, sujeira e roubos passaram a fazer parte da rotina da comunidade escolar

ASSISTA AOS VÍDEOS

Irmãos falam sobre autismo e viralizam na web

O designer gráfico Gilmar Junior e a dona de casa Flávia Cunha nunca encararam como um "peso" o fato do filho Ítalo, 8 anos, ter sido diagnosticado com Transtorno do Espectro Autista

O ódio é uma droga

Ideologias totalitárias transformam adversários em não pessoas

EDUCAÇÃO

Professores da rede municipal tomam posse

Todos os 80 docentes dos ensinos fundamental e infantil trabalharão em escolas da zona urbana de Londrina ; secretaria anuncia mais contratações temporárias

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Assine a Folha de Londrina
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Folha de Londrina - Todos os direitos reservados
HOSPEDADO POR
Hospedado por Mandic