VOLTAR PARA HOME
Continue tendo acesso ao conteúdo da Folha
   ou   
Cadastre-se pelo Facebook
para ter acesso ao melhor conteúdo do Paraná
VOLTAR PARA HOME
Olá
Assine já para continuar a ler a Folha de Londrina.
Para identificá-lo como assinante, precisamos do seu email e CPF.
VOLTAR PARA HOME
Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante
Cidades
21/04/2017

Descarte irregular de resíduos gera autuações

QR Code
Enviar por Email
Compartilhar
Twettar
Linkedin
Fonte
Comunicar erro
Ler depois

Em mais uma ação especial de fiscalização contra o descarte irregular de resíduos em Londrina, a Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU) autuou nesta semana outros três pessoas pelo despejo clandestino de detritos. A operação, desenvolvida em parceria com a Força Verde, foi realizada no Conjunto Cafezal (zona sul) e no Jardim Abussafe (zona leste).

No Cafezal, não houve registros de descarte. No Abussafe, os fiscais a paisana autuaram em flagrante um carroceiro e dois motoristas. Eles tentavam fazer o despejo de galhos de árvore, madeiras velhas, bagaços de cana-de-açúcar, restos de plantas, tapetes e entulhos. No total, os detritos somavam cerca de 2 m³ – equivalente a 16 carriolas de pedreiro.

Os infratores foram autuados pela CMTU de acordo com o Código de Posturas do Município e poderão pagar multa de até R$ 3 mil. Além disso, foram orientados pela companhia a fazer o descarte correto do material no Ponto de Entrega Voluntária (PEV) do jardim Nova Conquista, localizado também na região leste. Na oportunidade, a Força Verde não considerou o flagrante como crime ambiental e, portanto, achou desnecessária a apreensão da carroça e dos veículos.
Reportagem Local
CONTINUE LENDO

Cascavel inspira criação de programas de acolhimento familiar

Para juiz, rede de proteção a crianças e adolescentes está cada vez mais motivada a encontrar alternativas ao acolhimento institucional

SAÚDE PÚBLICA - Unidades nas zonas oeste e sul seguem em obras

Previsão da prefeitura é concluir em junho a reforma na UBS Panissa/Maracanã; no Parque das Indústrias obra sofreu atraso

SAÚDE PÚBLICA - Quatro anos de espera pela UBS da Fraternidade

Moradores protestam pela demora na construção de unidade básica na zona leste

Assine a Folha de Londrina
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Folha de Londrina - Todos os direitos reservados