VOLTAR PARA HOME
Continue tendo acesso ao conteúdo da Folha
   ou   
Cadastre-se pelo Facebook
para ter acesso ao melhor conteúdo do Paraná
VOLTAR PARA HOME
Olá
Assine já para continuar a ler a Folha de Londrina.
Para identificá-lo como assinante, precisamos do seu email e CPF.
VOLTAR PARA HOME
Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante
30/05/2012

CAPA - Personalidade no trabalho

A fusão de conforto, design e praticidade fazem dos ambientes corporativos locais eficientes e adequados para atender todas as necessidades operacionais

QR Code
Enviar por Email
Compartilhar
Twettar
Linkedin
Fonte
Comunicar erro
Ler depois

Oferecer um ambiente adequado a seus funcionários, que agregue funcionalidade, conforto, ambientação e iluminação adequadas é uma preocupação cada vez mais crescente entre as empresas.
PUBLICIDADE

Em um mundo onde o visual conquista cada vez mais as pessoas, investir em um ambiente confortável e de bom gosto é fator importante; espaços bem projetados e bonitos ajudam a passar credibilidade, além de satisfazer clientes e colaboradores.
Inovar e investir em espaços corporativos pode também trazer mais qualidade ao trabalho, uma vez que o estilo urbano dos dias atuais faz com que as pessoas passem a maior parte do tempo trabalhando.
''Vivemos em um mundo de imagem. O primeiro contato é feito visualmente. Nos últimos cinco anos isso vem se intensificando e precisamos nos adaptar. As empresas hoje estão atentas a isso. Assim como se avalia o comportamento da empresa e funcionários, se avalia a imagem também'', comenta o arquiteto Zeca Repette, da MZ Arquitetura.
Aliar conforto, praticidade, eficiência e segurança é o que visa os projetos nessa área. ''Hoje se passa mais tempo trabalhando dentro da empresa do que em casa. Por isso a ideia é trazer o conforto de casa para dentro da empresa. Você deve receber em sua empresa como se estivesse recebendo em casa. Você deve dar conforto à pessoa que trabalha lá por horas e também se sentir à vontade para receber um cliente. Outro ponto importante é que o espaço projetado deve traduzir o que a empresa é, por isso precisamos, com cuidado, dizer até onde ela (empresa) deve ir em seu projeto'', diz a arquiteta Marilda Marchiori, sócia de Repette na MZ Arquitetura.
Ambientes corporativos pedem cuidados especiais. Cada qual visando suas necessidades. Se a intenção for produtividade, tudo deve ser prático e simples. Se o conforto vem em primeiro lugar, investir em móveis mais sofisticados garantem uma imagem mais tradicional.
Iluminação, som e ergonometria precisam ser pensados com extrema importância. ''O som precisa de cuidados, já que em um lugar que comporta muita gente pode interferir no rendimento do funcionário. Investir em materiais que absorvem o som ajuda muito. A iluminação não precisa ser em excesso, pois ela também gera cansaço. Hoje se usa muito o dimmer para o controle da intensidade. A cadeira e a mesa precisam ser ajustadas a cada funcionário. No quesito cor e detalhes, tudo é possível'', explica Repette.
Marilda explica que as dimensões de projetos estão muito relacionadas a fase profissional que o cliente se encontra. ''Cada ambiente é uma postura. Quem monta uma empresa hoje está mais preocupado em capacitar sua equipe. Já quem tem mais tempo de mercado quer um espaço bem resolvido. Mas em ambos os casos, o projeto de arquitetura tem como objetivo central o bem estar do funcionário, tendo um espaço funcional, o que é necessário em qualquer empresa''.

Fotos: Saulo Ohara e Ricaro Chicarelli


A funcionalidade da biblioteca: livros ao lado da máquina copiadora



No escritório de advocacia a sofisticação começa na recepção



No arquivo, a agilidade dos processos ao alcance das mãos



Remetendo à cozinha de uma casa, a copa garante boas conversas e descontração ao espaço de trabalho



Aconchego e comodidade na sala de espera



Espaço clean e prático na sala de reuniões



Cores dão ao ambiente mais tranquilidade e harmonia



Na construtora, os arquitetos Zeca Repette e Marilda Marchiori tiveram como pano de fundo a praticidade

Elaine Souza
Reportagem Local
PUBLICIDADE
CONTINUE LENDO

DICAS - Tudo bem organizado

Para garantir a funcionalidade do espaço corporativo e conceder mais charme ao local os móveis e acessórios escolhidos para o ambiente têm importante papel. Há que se levar em conta que ter tudo ao alcance das mãos também contribui para a produtividade de qualquer pessoa

INSPIRAÇÃO - À moda Coco Chanel

As arquitetas Andrea Teixeira e Fernanda Negrelli unem elementos da moda, arte e cinema em home theater, que homenageia a estilista, para a Casa Cor São Paulo

CRIATIVIDADE - Fogo em evidência

Alunos do curso de Tecnologia de Design de Interiores, da Unopar, aceitaram o desafio de criar um objeto de decoração tendo o fogo como fonte de iluminação

ESTILO - Para momentos de distração

Além de serem lugares propícios para se divertir, ambientes de lazer agradam ainda mais com arquiteturas que vão do contemporâneo ao intimista

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Assine a Folha de Londrina
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Folha de Londrina - Todos os direitos reservados