VOLTAR PARA HOME
Continue tendo acesso ao conteúdo da Folha
   ou   
Cadastre-se pelo Facebook
para ter acesso ao melhor conteúdo do Paraná
VOLTAR PARA HOME
Olá
Assine já para continuar a ler a Folha de Londrina.
Para identificá-lo como assinante, precisamos do seu email e CPF.
VOLTAR PARA HOME
Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante
Cadernos Especiais

PMDB pretende recorrer à Justiça

QR Code
Enviar por Email
Compartilhar
Twettar
Linkedin
Fonte
Comunicar erro
Ler depois

  O Sindicato das Empresas de Publicidade Externa do Paraná (Sepex/PR), que na eleição anterior reclamou da proibição dos ‘outdoors’, se manifestou agora favorável à portaria. Segundo o presidente da Sepex/PR, Romerson Faco, o candidato não pode ‘‘ter tratamento diferenciado’’, já que as leis e o decreto municipais ‘‘valem para qualquer cidadão comum’’.
PUBLICIDADE

  Nas eleições de 2006, quando disputavam candidatos a presidente, governador, senador, deputado estadual e federal, limitações impostas pelo TSE em torno da propaganda eleitoral também se tornaram polêmicas: o tribunal acabou, entre outras coisas, com o ‘outdoor’, o ‘showmício’ e com a confecção e distribuição de camisetas, chaveiros, bonés, canetas, brindes e cestas básicas. Tais regras, aliás, continuam valendo para todo o País nas eleições de outubro próximo.
  O Partido Trabalhista Cristão (PTC) local foi outro que se manifestou publicamente sobre as novas restrições em Curitiba. O presidente do PTC da Capital, Fábio Aguayo, argumenta que as restrições serão importantes para ‘‘conter a sujeira’’ e até ‘‘abuso de poder econômico’’, devido ao gasto despendido pelos partidos com material publicitário.
  Por outro lado, o PMDB local promete entrar com uma ação no TRE e já organizou até uma manifestação no Centro da cidade contra a portaria, sábado passado. O presidente do PMDB da Capital, Doático Santos, lembra que a portaria proíbe a panfletagem em espaços tradicionais, como a Boca Maldita, por exemplo, que já foi palco de comícios e de manifestações ligadas ao movimento Diretas Já. (C.S.)
PUBLICIDADE
CONTINUE LENDO

Interagindo

Qual a melhor maneira de preservar o meio ambiente?

LIGEIRAS

Cidade fantasma e gelada

CENA

CONVITE TELEFÔNICO

Propaganda de rua: mudança pode beneficiar quem já exerce mandato

MPE indica que pode entrar com mandado de segurança contra portaria que limita campanha de rua em Curitiba

Vestindo a fantasia

Altão de baixinho da Kaiser, chef de cozinha engolido por tubarão e MSN Messenger foram alguns personagens que passaram pelo Castelo do Batel no sábado, na 11 edição da Festa Fantasia do Tite

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Assine a Folha de Londrina
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Folha de Londrina - Todos os direitos reservados
HOSPEDADO POR
Hospedado por Mandic