VOLTAR PARA HOME
Continue tendo acesso ao conteúdo da Folha
   ou   
Cadastre-se pelo Facebook
para ter acesso ao melhor conteúdo do Paraná
VOLTAR PARA HOME
Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante
Segunda-feira, 24 de Julho de 2017
Cadernos Especiais
24/06/2008

‘MELHOR IDADE’ - É dia de baile

Seja segunda, terça, quarta, quinta, sexta, sábado ou domingo é dia de baile para a terceira idade em Curitiba

QR Code
Enviar por Email
Compartilhar
Twettar
Linkedin
Fonte
Comunicar erro
Ler depois
Fotos: Diego Singh
‘‘Tem muito idoso que se comporta como criança’’, comenta Luisita Hostins, também responsável pelo controle moral do baile
Baile nem tinha chegado à sua metade, mas a rainha Maria da Conceição Domingues já havia trocado de parceiro de dança mais de dez vezes
O olhar da experiência: Luisa Rubineq, 88 anos de idade e 18 de baile na Comunidade Santo Inácio de Loyola
Enquanto a turma descansa e espera o convite para dançar, a banda exclusiva de bailes da terceira idade segue tocando

Faz 18 anos que Luisa Rubineq freqüenta o baile da terceira idade da Comunidade Santo Inácio de Loyola, ligado à Paróquia Nossa Senhora da Paz no Boqueirão, em Curitiba. Quando Luisa começou a dançar lá todas as sextas-feiras, tinha 70 anos. Do começo da história do baile não se tem a mesma certeza. Alguns dizem que teve seu início há oito, outros que foi há 25 anos. O que se sabe é que eram as freiras que agitavam os primeiros encontros, em uma sala de 60 metros quadrados. Espaço que nem de longe seria capaz de receber as 400 pessoas que se preparam para ir ao salão principal todas às sextas-feiras. ‘‘Acho que veio menos gente hoje por causa do frio’’, comenta Luisita Hostins enquanto conta as fichas de controle no caixa. ‘‘É, hoje foram umas 330.’’

  Como outros tantos na cidade, o baile do Santo Inácio é à tarde. Começa às 13h30 e tem horário para terminar: 17h30. Do caixa, Luisita só sai para fazer a reza, às 16 horas. Ela não é apenas o controle financeiro. ‘‘Olha a Luisita aí’’, brinca um senhor ao passar por um casal que trocava carícias no meio do salão. ‘‘Quando o pessoal apronta, eu cobro mesmo: ‘Que coisa! Já cansei de falar. Vamos se vestir com roupa de senhora da terceira idade. Pensa que é menina?’, subo ao palco e falo assim mesmo no microfone’’, explica Luisita. ‘‘Tenho que manter o ambiente familiar, sabe?’’
  A reclamação mais freqüente que tem recebido nas últimas duas semanas é a do aumento no preço da entrada, que de R$ 4 foi para R$ 5. Para o cachê da banda Musical JB, exclusiva de bailes da terceira idade, a organização gasta R$ 300 a cada sexta-feira. ‘‘Aqui é o melhor baile que a gente toca. As músicas são de vários estilos, mas é mais gauchesca mesmo. É o que a turma mais gosta.’’
  Apesar do comentário do vocalista João Batista Barros, que começou o grupo com os dois irmãos há cinco anos para fugir dos shows noturnos, o repertório é eclético e chega até a Jovem Guarda de ‘‘Era um garoto...’’, na versão de Os Incríveis.
  Erotides de Oliveira Correia, 74, e João Pedro Schreiber, 82, são dos mais animados e dos poucos que não dançam apenas de corpo coladinho. Ele, por vezes, se equilibra em um pé só. Também dançam juntos, fazem pose e dramatizam. O casal se conheceu há oito anos, em um baile de uma igreja em Araucária. ‘‘Minha esposa faleceu há dez anos. E foi logo depois que conheci a Nena.’’ Erotides tem o mesmo apelido da ex-mulher, o que facilita a vida de Schreiber. ‘‘Chamo ela de Nena 2. É o meu anjo.’’ Ela ri do comentário.
  Ele foi soldador. Ela tinha o pai que tocava gaita e desde pequena, quando vivia na roça, teve contato com a música. Trabalha até hoje de benzedeira, tradição que sua mãe lhe deixou pouco antes de morrer e que está na família desde a sua avó. ‘‘Canta, canta Carolina, quando tem vontade de chorar’’, exclama Erotides ao confundir a primeira estrofe de sua música favorita, e uma das mais repetidas no baile. A preferida de seu marido é ‘‘Olhos Verdes’’, de Amado Batista, que Schreiber lembra em homenageam à cor dos olhos de sua amada. ‘‘Mas esses olhos verdes que tanto me atraem, me sinto contigo criança de novo, menino de mais.’’ Mal param de falar com este repórter e lá estão eles, saracoteando de novo.

Alguns bailes da terceira idade em Curitiba:

- Clube Recreativo Dom Pedro II
Às terças, das 16h30 às 21h30
Rua Brigadeiro Franco, 3.662, Rebouças
3332-8865
Entrada a R$ 7 (inclui buffet de sopa)

- Comunidade Santo Inácio de Loyola
Às sextas, das 13h30 às 17h30
Rua Joaquim de Freitas, 341, Boqueirão
3286-8228
Entrada a R$ 5 (inclui lanche)

- Fascinação Festa & Dança
Aos domingos, das 17 às 22h30
Rua Monteiro Tourinho, 428, Bacacheri
3256-6591
Entrada a R$ 12 (inclui lanche)

- Sesc Centro
Às quintas, das 15 às 19 horas
Rua José Loureiro, 578, Centro
3233-7422
Entrada a R$ 3,50 (comerciários) e R$ 4,50 (não-comerciários)

- Sesc Água Verde
Às quartas, das 13h30 às 17h30
Av. República Argentina, 944, Água Verde
3342-7577
Entrada a R$ 4 (comerciários) e R$ 5 (não-comerciários)

- Sociedade Beneficente Recreativa
Às segundas e quintas, das 13 às 18 horas
Rua Anne Frank, 4.211, Boqueirão
3286-1477
Entrada a R$ 4

- Tradição Show
Às quartas, das 14 às 18 horas
Aos sábados, das 14 às 17h30
Rua Zonardy Ribas, 686, Boqueirão
3286-6389
Entrada a R$ 3
Rafael Urban
Equipe da Folha
NOTÍCIAS RELACIONADAS
CONTINUE LENDO

LIGEIRAS

José Carlos Pimenta, sala dois

CENA

PARECE, MAS NÃO É

Interagindo

O Exército deve ser acionado para combater o tráfico de drogas?

Curitiba tem forró e festa de São João

Casa de ritmos nordestinos chama atenção dos moradores da região metropolitana e atrai até estrangeiros

Assine a Folha de Londrina
EDITORIAS
PolíticaGeralMundoCidadesEconomiaEsporteFolha 2OpiniãoFolha MaisEleições 2016Índice de Notícias
SEÇÕES
ChargeColunistasIndicadoresTempoHoróscopoEdição DigitalGaleria de FotosClassificadosCadernos EspeciaisPromoçõesLoteriasVídeos
SEMANAIS
Folha GenteCarro & CiaImobiliária & CiaSaúdeEmpregos & ConcursosFolha CidadaniaNorte PioneiroMercado DigitalFolha RuralEspecialCozinha & Sabor
CLASSIFICADOS
VrumLugar CertoFolha ClassificadosDiversos
SERVIÇOS
ComercialArquivoCapa do ImpressoExpedienteFale ConoscoClube do AssinanteAviso LegalPolítica de PrivacidadeTrabalhe ConoscoQuem SomosGuia GastronômicoAssine Já!
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Folha de Londrina - Todos os direitos reservados