VOLTAR PARA HOME
Continue tendo acesso ao conteúdo da Folha
   ou   
Cadastre-se pelo Facebook
para ter acesso ao melhor conteúdo do Paraná
VOLTAR PARA HOME
Olá
Assine já para continuar a ler a Folha de Londrina.
Para identificá-lo como assinante, precisamos do seu email e CPF.
VOLTAR PARA HOME
Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante Já sou assinante
Cadernos Especiais

Ceará divulga ritmo nordestino há 24 anos

QR Code
Enviar por Email
Compartilhar
Twettar
Linkedin
Fonte
Comunicar erro
Ler depois
Ceará tem clientela assídua e acabou fazendo parte de histórias que influenciaram a vida de muita gente

Maérlio Fernandes Barbosa é o proprietário do Calamengau. Conhecido por Ceará, iniciou a tocar forró em espaços alternativos de forma itinerante. Com saudade da terra natal, comprou sanfona, pandeiro e triângulo e saiu procurando quem quisesse tocar. Em 1998 resolveu se profissionalizar a abriu o espaço. ''Tocamos por 13 anos, muitas vezes de graça, só pra divulgar o forró'', conta Ceará.
PUBLICIDADE

Em todos estes anos o Calamengau conquistou uma clientela assídua. Aos sábados a casa recebe aproximadamente 800 pessoas. O proprietário diz que o curitibano sabe dançar o verdadeiro forró. ''Aquela dança que aparece na televisão é frescura. Aqui a dança é mais parecida com o que se faz no Nordeste do que o dançado em São Paulo'', explica Ceará.
Nestes 24 anos de música e dança muita história aconteceu. Uma delas era de um menino que ia quase todo final de semana no Calamengau. De estilo punk, ele ficava encostado na parede só observando. Com o tempo relaxou e começou a arriscar os primeiros passos. Hoje ele desistiu do estilo hard core e ficou apaixonado pela cultura brasileira. ''Esses dias encontrei com ele no Centro e ele havia comprado um CD do Gonzagão'', diverte-se Ceará.
Uma família inteira foi criada por causa do Calamengau. Um casal se conheceu em um dos bailes promovidos no local. Tiveram uma filha que, quando jovem, também frequentava os bailes. Um dia conheceu um garoto no forró e hoje possuem um filho.
No dia 5 de julho será realizada uma festa para comemorar os 24 anos do Calamengau. A música ficará por conta de Oswaldinho do Acordeon e o público contará com típico café da manhã nordestino. (D.C.)

SERVIÇO
Espaço Cultural Calamengau
Rua Roberto Barrozo, 1.190 - Mercês
Informações: 3338-7766
www.calamengau.com.br
PUBLICIDADE
CONTINUE LENDO

‘MELHOR IDADE’ - É dia de baile

Seja segunda, terça, quarta, quinta, sexta, sábado ou domingo é dia de baile para a terceira idade em Curitiba

LIGEIRAS

José Carlos Pimenta, sala dois

CENA

PARECE, MAS NÃO É

Interagindo

O Exército deve ser acionado para combater o tráfico de drogas?

Curitiba tem forró e festa de São João

Casa de ritmos nordestinos chama atenção dos moradores da região metropolitana e atrai até estrangeiros

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Assine a Folha de Londrina
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Folha de Londrina - Todos os direitos reservados
HOSPEDADO POR
Hospedado por Mandic